Neste post vou falar um pouco sobre um filme (cinema também é arte, meu povo) dos anos 80, uma comédia dramática: The Breakfast Club (Clube dos Cinco, no Brasil).

The Breakfast Club mostra um sábado qualquer em que cinco jovens de “tribos” diferentes vão para a detenção por mau comportamento. Até aí parece um filme adolescente bobinho, certo? Daqueles que eles se conhecem melhor e descobrem que são mais parecidos do que pensavam, e tudo acaba bem no fim. Bom, não é bem assim. The Breakfast Club excedeu e muito minhas expectativas!

Nunca pensei que com dezenove anos fosse gostar de um filme de Ensino Médio Americano, mas o drama inserido, tratando desde problemas familiares a escolares, é capaz de fazer muito adulto se identificar. Com citações profundas e muita empatia envolvida, entrou na minha lista de preferidos.

É um clássico do diretor John Hughes, que foi escrito em apenas dois dias, e os atores ficaram muito livres para improvisar, sendo que eles mesmos é quem inventaram os motivos das detenções de seus personagens!

Se você ainda não se convenceu: teve 89% de aprovação do Rotten Tomatoes e foi escolhido pela revista Empire como um dos “500 melhores filmes de todos os tempos”, além de ter ganhado um premio pela MTV.

No mais, se eu tivesse que recomendá-lo usando uma palavra só, seria: profundo.

Comentem por favor caso assistam e, se já assistiram, sintam-se livres para adicionar suas impressões também.

Anúncios

2 comentários em “Clube dos cinco

Vai, fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s