Eu preciso contar uma coisa pra vocês: Spirit, o corcel indomável é o melhor filme que existe na face da Terra.

Ok, talvez essa seja apenas a minha opinião mas eu vou explicar o porquê de eu ter certeza absoluta disso.

Vamos começar com a história. Spirit é um corcel que ama a liberdade que tem de correr por ai e viver feliz com sua família, até que um dia homens maus e horríveis o sequestram e tentam o domar, coisa que é impossível já que ele é indomável. Lá ele conhece um índio, não gosta dele de primeira mas eles conseguem fugir juntos e se ajudando. O índio acaba levando ele pras suas terras o que não deixa o Spirit feliz e tenta domar, não consegue, vê que ele nasceu realmente pra ser livre e liberta ele. Quando está saindo as terras do índio são atacadas pelos homens maus e horríveis e Spirit volta pra poder procurar a égua do aborígene, por quem estava apaixonado. Ele acha mas os dois caem em uma cachoeira e ela fica bem mal. Spirit é capturado pelos homens chatos e fica chateado, não querendo mais fugir e aceitando aquela vida, até que ele vê que esses homens estão indo pra sua terra natal, aonde vive sua família. Ele faz umas bagunças lá, consegue fugir e libertar todos os outros cavalinhos mas se mete em uma encrenca e mal consegue sair, mas o índio aparece do nada e salva ele. O resto é o final do filme e eu não vou contar né, já até falei demais.

Agora que vocês sabem a sinopse que eu contei incrivelmente bem, eu vou explicar do porquê desse filme ser meu amor.

Ele fala que às vezes a gente desanima mas por certos motivos vale à pena reunir todas as forças, que talvez nem existam mais, e lutar. Ele fala sobre amizade e como amizades às vezes podem vir das pessoas em que menos achamos que íamos gostar. Ele fala sobre família e proteção. Mas, principalmente, ele fala sobre liberdade.

Ele fala sobre amar a liberdade. Sobre amar correr aos ventos e sobre querer ser feliz com aquilo que se ama. Ele fala que ninguém pode e nem deve te prender, que isso não é certo. Ele fala que a vida é linda e a gente não deve desistir daquilo que a gente mais quer.

Esse filme me ensinou sobre a liberdade, a valoriza-la e respeita-la. A saber usa-la. Mas, principalmente, ele fez com que eu me apaixonasse por ela.

É graças a esse filme que eu sou e estou sempre tentando ser um espírito livre, um alguém que domina a própria vida, que faz suas próprias escolhas. Um alguém que aprendeu a lutar por aquilo que acredita, acima de qualquer coisa. Pode parecer idiota mas a sociedade ensina a gente a não ser assim, ela tenta fazer a gente acreditar no contrário, ela tenta fazer com que nós sejamos esse oposto.

E por ter aprendido tudo isso eu só tenho a agradecer a esse filme – e a minha mãe, claro, porque ela também me ensinou essas coisas e foi graças a ela que consegui ter esse olhar sobre ele. E esse é o motivo de eu amar tanto o Spirit e afirmar com toda a certeza do mundo que ele é o melhor do universo.

Uma pequena obs: as músicas dele são incrívelmente maravilhosas e ouvi-las dá vontade de chorar de felicidade enquanto canta gastando toda a sua garganta. Ouve só! E vê o filme, mesmo se já tiver visto vê de novo, com esse novo olhar que eu possivelmente te mostrei, e me conta o que achou.

Anúncios

Vai, fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s